Aqui você poderá encontrar muito de mim e espero com isso revelar o que ainda não sabe sobre você. Calma, aqui não será um espaço esotérico. Mas, acredito que no contato com o outro/a descobrimos quem verdadeiramente somos. Sinta-se a vontade em viajar comigo nesses escritos e saiba que o conhecimento é um processo, é uma construção, em que todos/as nós fazemos parte das diversas etapas de sua edificação. Participe desta aventura, venha pescar comigo nesse grande mar que é a vida, onde costuraremos histórias e reflexões acerca dos nossos sentimentos, pensamentos e das coisas da vida, as coisas do dia-a-dia que nos rodeiam.

Seguidores

Postagem em destaque

Eu sempre estive perto de você

segunda-feira, 25 de março de 2013

Costura Musicada - Abraço de pai (Walmir Alencar)


A Costura Musicada que apresentamos hoje é Abraço de pai de Walmir Alencar, que é cantor e compositor católico e é possuidor de um timbre vocal que torna suas costuras musicadas mais belas ainda. Este costureiro destaca a música e a religião como suas duas grandes paixões. Walmir nasceu aos 29 dias de julho de 1967, na baixada paulista. Foi na cidade de São José dos Campos, onde ainda reside. Fez parte da banda católica Vida Reluz, com a qual gravou dois CDs onde além de vocalista, foi o compositor da maioria das costuras musicadas cantadas pela banda. Deixou a banda para seguir carreira solo, tendo gravações em português e espanhol.

Sobre a Costura Musicada – Abraço de pai: além de trazer a temática que escolhemos para essa semana, ela me recorda do tempo em que vivi na Comunidade Imaculada Conceição, onde pude desenvolver e aprofundar meu envolvimento com o espaço religioso. Não é esta canção que marca meu envolvimento adolescente com a religião, mas ela faz parte de uma lista extensa de costuras musicadas que me fazem recordar deste momento bom, que me impulsionou ir mais longe. A costura nos faz lembrar a parábola do filho pródigo que narra o reconhecimento do amor de Deus, o filho que reconhece a grandiosidade de amor do pai e decide voltar, mesmo após ter tido uma atitude decepcionante e, para muitos, imperdoável, mas não para Deus. 

A costura não fala exatamente do filho da parábola, mas de nossa busca por Deus e tudo que estamos dispostos a fazer para encontrá-Lo e que Ele está sempre a nos esperar e o gesto com que Ele nos espera. E apesar de já termos citado, nosso foco não falar da grandiosidade do amor de Deus, e sim queremos falar do gesto com que o Pai recebe o filho, Ele o acolhe em um abraço, lugar de proteção e de carinho. Por isso o abraço é o lugar onde sempre queremos estar quando a falta nos preenche ou a tristeza tenta nos consumir. Acolher o outro em um abraço é dizer, eu estou contigo, eu sou contigo, é dizer sem palavras, eu te entendo. É um gesto de amor. Antes e depois do beijo um abraço. Melhor pararmos por aqui e deixarmos que cada um/a possa costurar as suas próprias reflexões.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...