Aqui você poderá encontrar muito de mim e espero com isso revelar o que ainda não sabe sobre você. Calma, aqui não será um espaço esotérico. Mas, acredito que no contato com o outro/a descobrimos quem verdadeiramente somos. Sinta-se a vontade em viajar comigo nesses escritos e saiba que o conhecimento é um processo, é uma construção, em que todos/as nós fazemos parte das diversas etapas de sua edificação. Participe desta aventura, venha pescar comigo nesse grande mar que é a vida, onde costuraremos histórias e reflexões acerca dos nossos sentimentos, pensamentos e das coisas da vida, as coisas do dia-a-dia que nos rodeiam.

Seguidores

Postagem em destaque

Eu sempre estive perto de você

Seu Retalho


Reservei este espaço, neste atelier, para que você possa deixar aqui o seu retalho e juntos construirmos uma bela costura, uma bela colcha de retalhos. Costure seus sentimentos, suas opiniões, sugestões, o que desejar, o importante é exercitar a arte de costurar palavras. 

4 comentários:

Cinthia disse...

Toda vez que ouço você dizer 'Costurar me lembro daquela música:Costura Da Vida do Tambolelê, que diz assim :
Eu tentei compreender
A costura da vida
Me enrolei pois
A linha era muito comprida
Mas como é que eu vou fazer
Para desenrolar
Para desenrolar
Se na linha do céu sou estrela
Na linha da terra sou rei
Na linha das águas
Sou triste
Pelo fogo que um dia apaguei
Na linha do céu sou estrela
Na linha da terra sou rei
Mas na linha do fogo
Sou triste
Pelos mares que não naveguei
Mas como é que eu vou fazer
Para desenrolar
Para desenrolar.

E para que eu consiga desenrolar quero me enrolar em suas costuras, sem que elas sejam repetidas com fervor mas simplesmente apreciadas,saboreadas, tocadas com carinho.

carlinhosPJ disse...

Eu como todo gaucho que se prese,gosto muito de uma boa conversa entre amigos. Outro dia fui eu o espectador de linda visão.
RESPIRAÇÂO
De vez em quando me pego com uma sofreguidão imensa.
Assisto as novelas e não encontro nada de especial nas personagens.
Olho o Jornal Nacional,e reajo com um sobresalto...
Das guerras desta vida,a mais dura é a piscológica.
De vez em quando é bom...
Fechar os olhos e imaginar:
Pássaros voando,
Galinhas carcarejando em meu terreiro,
Luzes coloridas pelos céus.
Crianças pedindo sorvete,
Violeiros a tocar,
O sino da igreja com seus blin blons.
E as guerras que se cessaram.
E o meu ser respira aliviado...
E meu ser respira aliviado !
E muitas outras coisas engraçadas acontecendo lá no circo,e nas praças,e nas ruas.
E minhas lágrimas que não contenho.
Hoje,é dia de muita paz!

Quero deixar aqui meu amigo um link. Pra vc tb partilhar algo e construirmos mais um pedaço desta colcha de retalhos,que fica a cada dia que passa mais linda e colorida !

carlinhospjs.blogspot.com

Annah disse...

Ele se mostra para mim um grande mistério que fica cada dia mais difícil de ser revelado..
Ele é alguém que não se pode definir em palavras,apesar dele gostar de costurá-las e faz isso como ninguém..
Ele um grande quebra cabeça em que as peças estão muito confusas e fica difícil encaixar umas nas outras e mesmo assim não sei porque insisto em querer montá-lo em querer descobrir quem é ele mesmo sabendo que será impossível algum dia defini-lo!
Ele acaba me ensinando a ter paciência a não ter pressa e a ir conquistando-o aos poucos,é difícil mas ainda não penso em desistir mas vamos ver ate quando vai durar essa minha insistente persistência em querer cativá-lo...rsrs
Eu só espero que essa minha persistência não seja em vão e que algum dia eu consigo montar o quebra cabeça desse Costureiro-Pescador!

Naty Oliveira disse...

Hoje acordei e a primeira coisa que me veio a cabeça foi você Mauro...
Acordei pensando em tudo, sentimentos a flor da pele, e chega a ser engraçado o tanto que nos parecemos.
Temos sede de liberdade, de sentimentos intensos,
Somos puros, verdadeiros,
Chega a doer a nossa necessidade de viver, de nos descobrir, de sermos nós mesmos,
É um desafio nos decifrar e entender o que se passa dentro de nós...
Afinal, nem nós mesmo sabemos,
Vivemos dia após dia afogados em perguntas, pensamentos profundos,
Para quem sabe como um passe de mágica tudo ficasse nítido,
Cada coisa em seu lugar,
E eu desafio qualquer um, para quem sabe eu mesma consiga entender essa loucura...
Me vejo em você de uma forma tão pura,
Busco em você o que sou,
Fico maravilhada com milhões de possibilidades,
Por segundos consigo ter certeza de tudo,
E como um Flash que me cega, minhas certezas se desfazem sem eu ao menos poder dizer adeus...
Somos um turbilhão de sensações e pensamentos raros,
Somos loucos, aos berros, silêncio...
Queremos verdade, a metade que nos falta,
Tenho certeza que sempre esteve aqui, mas já não tenho mais certeza,
Não sei,
Só sei que enquanto houver você comigo,
Para sempre eu terei uma chance de conseguir me decifrar,
E EU TE DESAFIO!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...