Aqui você poderá encontrar muito de mim e espero com isso revelar o que ainda não sabe sobre você. Calma, aqui não será um espaço esotérico. Mas, acredito que no contato com o outro/a descobrimos quem verdadeiramente somos. Sinta-se a vontade em viajar comigo nesses escritos e saiba que o conhecimento é um processo, é uma construção, em que todos/as nós fazemos parte das diversas etapas de sua edificação. Participe desta aventura, venha pescar comigo nesse grande mar que é a vida, onde costuraremos histórias e reflexões acerca dos nossos sentimentos, pensamentos e das coisas da vida, as coisas do dia-a-dia que nos rodeiam.

Seguidores

Postagem em destaque

Eu sempre estive perto de você

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Costura Musicada - Noites com Sol (Flávio Venturini)


Antes de qualquer coisa, eu devo pedir desculpas por ficar tanto tempo sem apresentar minhas costuras. Hoje, completaria duas semanas sem postagens neste atelier. E, devo informar que não foi por falta do que postar, nem descaso, e sim os compromissos com outras frentes que me tomaram o tempo e aqui ficou sem minha atenção, mas estou de volta e espero corresponder com a devido atenção a este precioso espaço. 


E hoje é sexta-feira, dia de Costura Musicada, e aproveito para apresentar a Costura Musicada que deveria ter postado na segunda-feira, que também é dia de canção.

Trago a bela costura musicada: Noites com sol, de Flávio Venturine*, compositor e cantor revelado pelo Movimento do Clube da Esquina e que nos presenteou com belas Costuras Musicadas. Conheci esta canção através da voz de Marco Monteiro (cantor paraense). Mas, de acordo como está se formatando nas postagens das Costuras Musicadas, aqui colocamos apenas uma breve apresentação dos compositores e abaixo da quebra de texto (no mais informações), apresentamos algo mais aprofundado. E, cantando junto com Flávio Venturine, está Marina Machado**, também, belorizontina, e é mais uma das belas vozes que compõem a lista de revelações da nova geração da música brasileira.

Sobre a costura musicada: Noites com solesta canção sempre teve um encanto diferente sobre mim, sou apaixonado pela noite e esta canção, assim como as noites, é carregada de mistério. Noite com sol! Impossível? Miragem? Milagre? Talvez, se não acreditássemos no amor. Quem acredita no amor é capaz de saber que não são miragens as noites com sol, além de entender a linguagem que não é verbalizada. E, viver uma noite com sol é algo inesquecível, é um momento mágico. Mais belo ainda é ver o sol adormecer sobre seu peito e te trazer a luz por tanto tempo esperada para te tirar do breu.  Nas noites em que estiver tão só, deixe o sol entrar, então verás que, de fato, as noites com sol são mais belas e que a vivência do amor é que torna certas canções eternas. Por hoje é só, e semana que vem teremos mais.

*Flávio Venturini, nasceu dia 23 de julho de 1949 na cidade de Belo Horizonte/MG. É cantor, músico e compositor. Foi revelado nos anos 1970 pelo movimento Clube da Esquina, que também revelou Milton Nascimento, Lô Borges, Beto Guedes, entre outros. Participou do grupo musical O Terço, entre 1974 e 1976, antes de criar em 1979 o grupo 14 Bis, pelo qual fez sucesso entre 1980 e 1987, quando saiu do grupo para seguir carreira solo, também com grande sucesso.
Entre seus principais sucessos, como compositor ou intérprete, estão "Todo Azul do Mar", "Linda Juventude", "Planeta Sonho", "Nascente" (a canção que mais foi regravada, por artistas brasileiros e estrangeiros), "Nuvens", "Caçador de Mim", "Espanhola" (parceria com Guarabyra, da dupla Sá & Guarabyra), que é sua costura musicada mais conhecida e foi um grande hit entre 1986 e 1987; e "Mais Uma Vez" (parceria com Renato Russo, líder da Legião Urbana, que foi gravada originalmente pelo 14 Bis em 1987 e ganharia uma nova versão em 2003, apenas com a voz de Renato e incluída na trilha sonora da telenovela Mulheres Apaixonadas). Da carreira-solo, destacam-se, entre outras músicas, "Princesa", "Besame" e "Céu de Santo Amaro".

**Marina Machado, cantora, nasceu em Belo Horizonte, no dia 20 de outubro de 1972. Marina estudou canto lírico e popular e passou a cantar informalmente desde o fim da adolescência. A sua primeira participação como cantora profissional aconteceu em dois musicais, "Hollywood Bananas" e "Na Onda do Rádio". Paralelamente, entre 1992 e 1995, Marina mantinha com os músicos Podé e Maurinho Nastácia o trio "Zoombeedoo", que interpretava clássicos do rock nacional e internacional.
Fundou a Companhia Burlantins, onde concebeu e atuou em "O Homem da Gravata Florida". Em 1998, lançou, ao lado de Regina Spósito, o CD "Desoriente um País", resultado do show "Hebraico", no qual as cantoras interpretavam músicas em hebraico e iídiche. Em 2002, Marina foi eleita a melhor cantora de Minas Gerais.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...