Aqui você poderá encontrar muito de mim e espero com isso revelar o que ainda não sabe sobre você. Calma, aqui não será um espaço esotérico. Mas, acredito que no contato com o outro/a descobrimos quem verdadeiramente somos. Sinta-se a vontade em viajar comigo nesses escritos e saiba que o conhecimento é um processo, é uma construção, em que todos/as nós fazemos parte das diversas etapas de sua edificação. Participe desta aventura, venha pescar comigo nesse grande mar que é a vida, onde costuraremos histórias e reflexões acerca dos nossos sentimentos, pensamentos e das coisas da vida, as coisas do dia-a-dia que nos rodeiam.

Seguidores

Postagem em destaque

Eu sempre estive perto de você

domingo, 10 de janeiro de 2010

Uma carta de Abelardo

Paris, 20 de novembro de 2003.
Heloísa, amor meu,
Sei que não estou proporcionando a você o que realmente você merece, em vez de dar-te alegrias percebo que cada vez e com mais freqüência fico te enchendo com intensas doses de tristeza. Não pense que isto não me afeta, pois sinto um peso enorme em saber que o maior causador de tudo isso sou eu, é por isso que muitas vezes tento fazer-te perceber que você também erra, não para acusar-te levianamente, mas para aliviar um pouco deste peso que eu mesmo criei.
Sei que errei e que o meu erro causou no nosso relacionamento, que já não era o melhor do mundo, um terremoto, terremoto este que abalou as estruturas naquilo que nós construímos, e no que eu tinha de mais precioso que “era” ou é o sentimento que você têm por mim. Se, já existia uma distância entre nós pela posição que hoje eu ocupo, após você saber desta imperdoável falha, que você, por amor, perdoou, apareceu a pior de todas as distâncias, a distância do teu sentimento por mim, distância que eu deveria mais do nunca tentar amenizar com freqüentes doses de carinho.
Não é fácil levar uma vida aparentemente normal, quanto não a temos e quando não estamos de “bem” com a pessoa que amamos, você fala que fico feliz quando saio com alguém, contudo você não leva em consideração o fato de eu estar apenas tentando amenizar uma dor que só você pode fazer parar.
Eu sou ou estou muito frio com relação aos meus sentimentos, um mal que não desejaria a ninguém, isso machuca muito por dentro pelo fato de tal atitude prejudicar nossa relação, pois o que menos quero é ser causador de mais sofrimento para você. Você deve saber como é. Esta é a maneira que venho usando para impedir que meu sofrimento de não poder assumir este relacionamento e dizer a todos que eu te amo, possa transparecer e eu venha a ter que dar explicações sobre o que estou sentindo. As pessoas aqui percebem isso e é a partir daí que me tacham de misterioso. Pois sabem que tenho algo que não é normal, mas, que não expresso.
O pensamento sobre o futuro é o que mais sonda sobre minha cabeça, sonda com tanta intensidade que acabo deixando de viver o presente, o que me faz viver num mundo de sonhos, utópico, mas quando penso em você como uma das poucas partes deste presente que eu desejo que esteja no meu futuro é que eu penso que o meu sonho já está a caminho de uma plena realização. É por isso que talvez pouco cobro de você. Sinto medo que você como parte concreta e real do meu sonho e parte presente do meu futuro possa se cansar de mim e me abandonar, o que me faria pensar que sonhos são: nada mais, nada menos do que apenas sonhos.
É doloroso saber que minhas atitudes tenham provocado em você este sentimento de repulsa a mim, meu desejo de te possuir é intenso, pena que não dispomos de lugares e tempo para que eu possa te sentir, te amar, transferir para você este desejo que pulsa dentro de mim, e assim fazer você voltar a acreditar que o que eu fiz foi um erro e hoje o que mais quero é ter de volta a tua confiança e assim vivermos nossa felicidade, sem pensar nas complicações, que muito nos impedem de viver os nossos momentos como se fossem os últimos de nossas vidas.
Do sempre teu... Amor...
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...