Aqui você poderá encontrar muito de mim e espero com isso revelar o que ainda não sabe sobre você. Calma, aqui não será um espaço esotérico. Mas, acredito que no contato com o outro/a descobrimos quem verdadeiramente somos. Sinta-se a vontade em viajar comigo nesses escritos e saiba que o conhecimento é um processo, é uma construção, em que todos/as nós fazemos parte das diversas etapas de sua edificação. Participe desta aventura, venha pescar comigo nesse grande mar que é a vida, onde costuraremos histórias e reflexões acerca dos nossos sentimentos, pensamentos e das coisas da vida, as coisas do dia-a-dia que nos rodeiam.

Seguidores

Postagem em destaque

Eu sempre estive perto de você

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Para amantes à distância...


Os caminhos da vida que percorremos serão sempre desconhecidos. Por mais que outras pessoas os tenham percorrido, sempre serão desconhecidos. Nossa singularidade, não permite que eles sejam repetidos.

Somos únicos e por onde caminharmos daremos um jeito próprio a este caminho que ninguém conseguirá repetir. Por isso nos arriscamos a envolver-nos em novas relações. As relações passadas tiveram seu momento, sua importância e sua significância. Elas muito nos ensinaram e talvez até nos amedrontem, mas os “românticos são loucos e desvairados”, por isso se envolvem sem medo de uma nova decepção.

Não é apenas a loucura que nos leva a tentar novamente. São as pessoas que encontramos pelo caminho que nos levam ao desejo de tentar mais uma vez. Elas despertam em nós os sentimentos que estão no âmago de nosso ser. Fazem-nos querê-las. Conseguem alcançar os sentimentos que ora estavam adormecidos, mas sempre a espera de serem despertados. E, quando o Encontro acontece, o que menos queremos é que ele acabe. Isso torna a relação única. Com a marca daquele encontro, único. Pois, cada relação tem sua intensidade, e cada encontro é testemunha disso. Cada encontro traz seu kairós, que nos deixam marcas indeléveis.

O encontro aconteceu e a relação começou. O desejo é intenso de estarmos juntos e não nos separar. Mas, a singularidade da nova relação pode trazer elementos, tristes e muitas vezes dolorosos, apesar dos momentos lindos e maravilhosos que passarmos.
Em um dia como hoje, um dia especial, dia de estarmos pertinho da pessoa amada, muitos amantes são abraçados pela distância. Quando isso acontece, este dia se configura como o dia saudade. E só os nossos sentimentos poderão nos confortar. E, nos fazem encontrar saídas para estas convenções sociais.

O dia do namoro, do amor, assim como nossas relações, encontros e caminhos que percorremos, são frutos de nossa vivência. Pode ser que não estejamos juntos da pessoa amada nestas datas sociais, como hoje, mas já tivemos nossos vários momentos juntos que transcendem a qualquer data social.
Temos o nosso dia, aquele que é só nosso, meu e de quem amo. Que acontece a cada encontro. E quando ele chegar, assim como sempre fazemos quando reencontramos a pessoa amada, aí, nós comemoraremos não só o dia, mas cada instante em que estivermos juntos.

É neste dia que para muitos se torna marca de uma data especial, que devemos enviar a quem amamos, e que está longe, um gesto de carinho e cuidado, aquela frase que só nós sabemos usar. Para, assim, oferecer a nossa amada ou ao nosso amado, um momento de alegria e embelezamento deste dia que para nós, amantes à distância, se torna o dia da saudade.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...