Aqui você poderá encontrar muito de mim e espero com isso revelar o que ainda não sabe sobre você. Calma, aqui não será um espaço esotérico. Mas, acredito que no contato com o outro/a descobrimos quem verdadeiramente somos. Sinta-se a vontade em viajar comigo nesses escritos e saiba que o conhecimento é um processo, é uma construção, em que todos/as nós fazemos parte das diversas etapas de sua edificação. Participe desta aventura, venha pescar comigo nesse grande mar que é a vida, onde costuraremos histórias e reflexões acerca dos nossos sentimentos, pensamentos e das coisas da vida, as coisas do dia-a-dia que nos rodeiam.

Seguidores

Postagem em destaque

Eu sempre estive perto de você

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Costura Musicada - Versos Simples (Tati Portella/Chimarruts)



São os ventos do sul que mais uma vez trazem nossa Costura Musicada. Com Versos Simples da banda Chimarruts, começamos nossa semana. É uma composição de Cassiane Silva e Richardson Maia, que nesta canção nos mostram suas habilidades na arte da composição musical, sem contar a poética encontrada e elemento marcante em suas composições. Quem dá vida à canção é Tatiana Portella (Tati Portella) com sua voz suave e aveludada que harmoniza e torna nossa costura musicada de hoje uma canção marcante. Chimarruts é uma banda brasileira que tem como estilo musical o reggae, surgiu, nasceu ou aconteceu nas terras do sul, no Rio Grande do Sul no ano de 2000. Com uma formação inicial só de homens, posteriormente, em 2001, Tati Portella, nossa voz de hoje, foi convidada a integrar o grupo e até hoje, através das costuras musicadas da Chimarruts nos agracia com sua doçura ao cantar.

Sobre a Costura Musicada – Versos Simples: além do estilo que faz parte dos que me fazem não ficar parado, sobretudo na dança de troca de perfumes, a costura musicada traz um gosto de saudade, pelo tempo em que pude curti mais intensamente este estilo musical, dos cúmplices que viveram isso junto comigo. E, além disso, por fazer memória da partida para o outro plano de uma das rosas negras que cultivei em meu jardim, falo do grande cúmplice Gisley, que se estivesse vivendo neste plano, no último sábado, dia 17 de novembro, completaria 35 anos de vida.  Para fazer um vídeo em sua homenagem, após sua partida foi essa canção que encontrei para dizer o que sentia, já que por não saber o que dizer ou como dizer, só me restava “meus versos simples, mas que fiz de coração. O vídeo está acessível nos seguintes links: Uma Singela Homenagem: Gisley - Uma Alma Rara no próprio Costuras e Pescarias e no canal do You Tube com o título Uma Singela Homenagem. Hoje, é impossível para mim, ouvi-la e não lembrar dessa grande alma que tive a graça de com-viver. Esse dias o frio tem sido intenso e a irmã morte me olha sorrindo.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...